segunda-feira, 18 de maio de 2009

O Presidente do CFB em entrevista

Viana de Carvalho em entrevista - Record/Antena 1 (excerto).
(...)
R - Quando começam as obras para a construção do supermercado (Pingo Doce) e do health club de excelência prometidos para o Restelo?
VC - Está tudo bem encaminhado, mas ainda estamos a trabalhar na concretização da ideia uma vez que só agora é que somos direção. Quanto ao supermercado vamos aproveitar uma área não desportiva que nos dá pouca receita, na zona sul do complexo desportivo. Na estimativa que fizemos, ainda sem definição exata das áreas, e juntando o centro de medicina desportiva, o ginásio de referência e após a requalificação das piscinas, poderemos estar a falar de 1,5 a 2 milhões de euros anos de receita em cruzeiro. É um encaixe de dinheiro permanente e precioso para a gestão do clube.
R - E o painel videográfico?
VC - Tenho grandes esperanças de instalar esse painel já para a próxima época.
R - Já pode dizer mais alguma coisa sobre a parceria internacional para o desenvolvimento do futebol que garantiu valer 2 milhões/ano por 4 anos?
VC - Espero muito em breve poder dizer mais qualquer coisa a esse respeito. Não posso dar mais pormenores por causa do compromisso que assumi. Traz-nos uma entrada líquida todas as épocas muito considerável.
R - Pode ao menos desvendar se é com outro clube?
VC - Não, não é. É com um grupo internacional.
R - Será válida na 2.ª Divisão?
VC - Exatamente. É independente dos resultados desportivos.
R - Modalidades, qual a estratégia?
VC - Temos um projeto desportivo que apresentámos em esboço aos sócios que passa pela utilização desportiva do nosso complexo. Para isso precisamos de ter muitos jovens atletas a praticar desporto de várias modalidades. O Belenenses é um clube eclético que não pode viver acima das suas capacidades orçamentais. Tem de haver responsabilidade e profissionalismo na gestão dessas secções. Anunciámos a criação do grupo dos amigos das modalidades e faço um apelo aos sócios que se cheguem à frente, que se inscrevam nestes núcleos e que ajudem as modalidades na medida do possível. No entanto, o nosso esforço número um é o futebol. O nosso foco é a recuperação e desenvolvimento do futebol e a criação de estruturas para essa atividade. Só que o clube não se esgota no futebol.
R - Criar prémio Artur José Pereira. O que vai ser?
VC - O Belenenses tem um grande historial e precisamos que a memória seja reavivada pelos mais novos. Queremos transformar o aniversário do Belenenses numa grande festa e gostaríamos de premiar os atletas de referência de uma época, as secções que se distinguiram, as equipas que brilharam, os sócios que fizeram algo de relevante, enfim toda a estrutura do nosso clube poderá ser enaltecida e agraciada pelo seu contributo. A lógica é essa. E o prémio será o reconhecimento oficial de todos os adeptos dessa excelência.

5 comentários:

Anónimo disse...

com esta entrevista ficou tudo esclarecido sobre como vai ser o futuro das nossas pisicnas....o desporto numero 1 é o futebol...acho muito bem que seja assim.nao fiquei com duvidas sobre como vai ser a proxima epoca no cfb..

natação CFB disse...

O futebol sempre foi no CFB o desporto nº1.
Se repararmos bem, na própria entrevista, Viana de Carvalho refere: "Temos um projeto desportivo que apresentámos em esboço aos sócios que passa pela utilização desportiva do nosso complexo. Para isso precisamos de ter muitos jovens atletas a praticar desporto de várias modalidades. O Belenenses é um clube eclético..."
A nova direcção está, em diálogo com a natação, a procurar encontrar soluções para as necessidades. Acreditamos no futuro!

Anónimo disse...

O futebol é o desporto nº 1

Porque será que o FCP é tetracampeão nacional de futebol e tem uma das melhores equipas portuguesas de natação?
Porque será que o SCP é vice-campeão nacional nas 2 últimas épocas de Iª liga de futebol e tem, cada dia mais, uma equipa de natação de muita valia?
Porque será que o Belenenses está na eminência de descer à liga de honra de futebol e a equipa de natação tem os inúmeros problemas que todos sabemos e que só não são maiores graças ao esforço hercúleo dos nadadores, treinadores e comissão de pais?
A meu ver apenas há um problema de organização e de gestão e, embora politicamente incorrecto dizer-se, de pavoneamento dos dirigentes do clube que acham que tudo sabem mas provam nada saberem.
Veremos com o passar dos dias se as coisas se alteram. Eu dou o benefício da dúvida mas estou convicto que apenas vai ser mais do mesmo. Oxalá me engane.

ricardo disse...

"A meu ver apenas há um problema de organização e de gestão"
Concordo com esta frase.
Não é "culpa" das outras modalidades que o futebol esteja como está.
Se existem exitos na natação é pela organização e pela força enorme que os atletas, treinadores e pais têm, no trabalho que em conjunto têm levado a efeito.
O exemplo dado de outros clubes de futebol que também conhecem o sucesso noutras modalidades ilustra bem o que a organização e a boa gestão são capazes de atingir.
As contratações de jogadores e treinadores, os resultados das equipas de futebol são completamente independentes e seria bom que no nosso Belenenses os sócios e dirigentes não deitassem as culpas para as outras modalidades, dos insucessos que a equipa tem tido. Como sócio do Belenenses que segue mais a Natação de Competição e o Triatlo, também me custa ver o que se passa na Liga Sagres com o nosso clube.
Somos todos do mesmo Clube, não importa se uns jogam futebol enquanto outros nadam. Todos queremos o sucesso da "Cruz de Cristo".
Deixemo-nos de má lingua e quesilias internas.

Ricardo

Anónimo disse...

a porta de siada ja teve bem mais fechada...é assim se morrem grandes equipas